Subscribe:

sábado, 5 de dezembro de 2015

Vida Geminiana: Resenha: Máscara para cílios Big Illusion Avon

Vida Geminiana: Resenha: Máscara para cílios Big Illusion Avon:  Olá meu amores, tudo bem? Já estamos no dia 4 de Dezembro, nem acredito que o ano já está acabando! Natal e Ano novo chegando e queremos es...

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Aleatórios Frases: Boa tarde!Minha filha fez um blog! Vem conhecer?...

Aleatórios Frases: Boa tarde!

Minha filha fez um blog! Vem conhecer?...
: Boa tarde! Minha filha fez um blog! Vem conhecer? Tem um post novinho sobre como fazer um presépio artesanal! Vida Geminiana C...
Boa tarde!

Minha filha fez um blog! Vem conhecer?

Tem um post novinho sobre como fazer um presépio artesanal!




quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Poesia


"Poesia é quando uma emoção 
encontra seu pensamento e o 
pensamento encontra palavras."


Robert Frost

Nao voltam atrás


"Há três coisas que não voltam 
atrás; a flecha lançada, a palavra 
pronunciada e a oportunidade 
perdida."


Provérbio chinês

Ignorância



"A marca de sua ignorância é a 
profundidade da sua crença na 
injustiça e na tragédia. O que a 
lagarta chama de fim de mundo, 
o mestre chama de borboleta."


Richard Bach

Realita e romântico



"É preciso ser um realista para 
descobrir a realidade. É preciso 
ser um romântico para criá-la."


Fernando Pessoa

Natal



Jesus nasceu. Na abóbada infinita
Soam cânticos vivos de alegria;
E toda a vida universal palpita
Dentro daquela pobre estrebaria...

Não houve sedas, nem cetins, nem rendas 
No berço humilde em que nasceu Jesus... 
Mas os pobres trouxeram oferendas 
Para quem tinha de morrer na cruz.

Sobre a palha, risonho, e iluminado
Pelo luar dos olhos de Maria,
Vede o Menino-Deus, que está cercado
Dos animais da pobre estrebaria.

Não nasceu entre pompas reluzentes;
Na humildade e na paz deste lugar,
Assim que abriu os olhos inocentes
Foi para os pobres seu primeiro olhar.

No entanto, os reis da terra, pecadores,
Seguindo a estrela que ao presepe os guia,
Vem cobrir de perfumes e de flores
O chão daquela pobre estrebaria.

Sobem hinos de amor ao céu profundo;
Homens, Jesus nasceu! Natal! Natal!
Sobre esta palha está quem salva o mundo,
Quem ama os fracos, quem perdoa o mal,

Natal! Natal! Em toda a natureza
Há sorrisos e cantos, neste dia...
Salve Deus da humildade e da pobreza
Nascido numa pobre estrebaria.

Olavo Bilac


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

A vida



"A vida é belíssima, mas não 
é tão simples vivê-la.
Às vezes, ela se parece com 
um imenso jardim.
De repente, a paisagem muda 
e ela se apresenta árida como 
um deserto ou íngreme como 
as montanhas.
Independentemente dos 
penhascos que temos de escalar, 
cada ser humano possui uma 
força incrível.
E muitos desconhecem que a 
possuem."   


Augusto Cury

Arrependimento



"Não sobrecarregue o hoje 
com os arrependimentos 
de ontem nem o estrague 
com os problemas de amanhã."


Max Lucado

Alegria



"Faça o que for necessário 
para ser feliz. Mas não se 
esqueça que a felicidade 
é um sentimento simples, 
você pode encontrá-la e 
deixá-la ir embora por 
não perceber sua 
simplicidade."

Mário Quintana

Renda-se


"Renda-se, como eu me rendi. 
Mergulhe no que você não 
conhece como eu mergulhei. 
Não se preocupe em entender, 
viver ultrapassa qualquer 
entendimento."


Clarice Lispector

Confiança



"Aquele que não tem confiança 
nos outros, não lhes pode 
ganhar a confiança."


Lao-Tsé

Soneto De Separação


De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama

De repente não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo, distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

 Vinicius de Moraes    

Amigo Aprendiz



Quero ser o teu amigo.
Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso: é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo de acertar nossas distâncias


Fernando Pessoa

Meus oito anos



Oh! que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais!
Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais!
Como são belos os dias
Do despontar da existência!
— Respira a alma inocência
Como perfumes a flor;
O mar é — lago sereno,
O céu — um manto azulado,
O mundo — um sonho dourado,
A vida — um hino d'amor!
Que aurora, que sol, que vida,
Que noites de melodia
Naquela doce alegria,
Naquele ingênuo folgar!
O céu bordado d'estrelas,
A terra de aromas cheia
As ondas beijando a areia
E a lua beijando o mar!
Oh! dias da minha infância!
Oh! meu céu de primavera!
Que doce a vida não era
Nessa risonha manhã!

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Desejo



Se eu soubesse que no mundo
Existia um coração,
Que só' por mim palpitasse
De amor em terna expansão;
Do peito calara as mágoas,
Bem feliz eu era então!

Se essa mulher fosse linda
Como os anjos lindos são,
Se tivesse quinze anos,
Se fosse rosa em botão,
Se inda brincasse inocente
Descuidosa no gazão;

Se tivesse a tez morena,
Os olhos com expressão,
Negros, negros, que matassem,
Que morressem de paixão,
Impondo sempre tiranos
Um jugo de sedução;

Se as tranças fossem escuras,
Lá castanhas é que não,
E que caíssem formosas
Ao sopro da viração,
Sobre uns ombros torneados,
Em amável confusão;

Se a fronte pura e serena
Brilhasse d'inspiração,
Se o tronco fosse flexível
Como a rama do chorão,
Se tivesse os lábios rubros,
Pé pequeno e linda mão;

Se a voz fosse harmoniosa
Como d'harpa a vibração,
Suave como a da rola
Que geme na solidão,
Apaixonada e sentida
Como do bardo a canção;

E se o peito lhe ondulasse
Em suave ondulação,
Ocultando em brancas vestes
Na mais branda comoção
Tesouros de seios virgens,
Dois pomos de tentação;

E se essa mulher formosa
Que me aparece em visão,
Possuísse uma alma ardente,
Fosse de amor um vulcão;
Por ela tudo daria...
— A vida, o céu, a razão! 



Casimiro de Abreu

O amor é fogo que arde sem se ver



O amor é fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer

É um bem querer mais que bem querer
É solitário andar por entre a gente
É nunca contentar-se de contente
É cuidar a quem se ganha em se perder

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence vencedor
É ter com quem nos mata ,lealdade
Mas como causa pode seu favor
Nos corações humanos amizade
Se tão contrario a si é o mesmo amor


Luiz Vaz de Camões




Ausência....



Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces
Porque nada te poderei dar senão a mágoa de me veres eternamente exausto.
No entanto a tua presença é qualquer coisa como a luz e a vida
E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto e em minha voz a tua voz.


Não te quero ter porque em meu ser tudo estaria terminado.
Quero só que surjas em mim como a fé nos desesperados 
Para que eu possa levar uma gota de orvalho nesta terra amaldiçoada
Que ficou sobre a minha carne como nódoa do passado. 
Eu deixarei... tu irás e encostarás a tua face em outra face.


Teus dedos enlaçarão outros dedos e tu desabrocharás para a madrugada.
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu, porque eu fui o grande íntimo da noite.
Porque eu encostei minha face na face da noite e ouvi a tua fala amorosa.
Porque meus dedos enlaçaram os dedos da névoa suspensos no espaço.
E eu trouxe até mim a misteriosa essência do teu abandono desordenado.
Eu ficarei só como os veleiros nos pontos silenciosos. 
Mas eu te possuirei como ninguém porque poderei partir.
E todas as lamentações do mar, do vento, do céu, das aves, das estrelas.
Serão a tua voz presente, a tua voz ausente, a tua voz serenizada.

 Vinícius de Moraes

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

A Morte não é Nada


"A morte não é nada. 
Eu somente passei para
o outro lado do Caminho.

Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
Eu continuarei sendo.

Me dêem o nome que vocês sempre me deram,
Falem comigo como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas,
Eu estou vivendo no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene ou triste,
Continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.
                    
Rezem, sorriam, pensem em mim.

Rezem por mim.

Aleatórios Frases: CAZIMI

Aleatórios Frases: CAZIMI: Mais uma respiração decidida e eu adentro seu quarto, vendo-a inspirada vestir aquele básico…  … instinto (sem piscar os olhos acompanhan...

CAZIMI

Mais uma respiração decidida e eu adentro seu quarto,
vendo-a inspirada vestir aquele básico… 
… instinto
(sem piscar os olhos acompanhando sua maquiagem borrar de sangue o Preto & Branco dos meus sentidos)

Suas costas a mostra é um filme Noir, e eu assisto
(reflexo com a mesma atenção sem deslize que um espelho pode dar)
O V divertido desfila bailarinas pernas… hum… símbolo que conquisto só de fitar

Esses piercings ad(e/o)rnando o coração – acessório de atrair vizinhos vícios – 
Pinta de anos 50 os cílios
Entendo essa caligrafia desse seu corpo todo, mesmo se estiver na grécia, em grego;ou se não; tatoo, nada escrito

Seus lábios nesse vai e vem…
… esse vai e vem de seus lábios…
Prende o cabelo com meus segundos
Na silhueta da calcinha invisto minha malícia não contida
Unhas nudistas nos pezinhos desnudos

Mãos mirando convidativos ombros, 
onde dedos meus querem se emoldurar
Pele que atrai a minha, [boca] de mordiscar
Covinhas já desenhadinhas
(ao som da libido e do mar)
Libertou as paredes? Não as vejo! Prazer onde voyeur a desejo

Pozinho para apagar um pouco o fogo do seu rosto
Sexy como o sorriso de acabar o que estava pronto
Retoma/o o folego; toda produzida
Para o poeta foi esperança; abriu a caixa 
com cores/na sombra…/um lápis… 
permaneceu poesia

Orquídea selvagem plantada de salto alto no jardim errado
Brinco nos seus ouvidos invertendo o ar
Por todos os lados provocante é seu olhar
Descrevo, não disfarcei;
dançando sobre a má ideia de te desarrumar


Coelhovermelho

Deus



"Seja você quem for, seja 
qual for a posição social 
que você tenha na vida, 
a mais alta ou a mais 
baixa, tenha sempre 
como meta muita força, 
muita determinação e 
sempre faça tudo com 
muito amor e com muita 
fé em Deus, que um dia 
você chega lá. De alguma 
maneira você chega lá."


Ayrton Senna

Ingratidão, soberba. inveja



"Existe três cachorros perigosos: 
a ingratidão, a soberba e a inveja. 
Quando mordem deixam uma 
ferida profunda."


Martinho Lutero

Amizade



"Fácil é ser colega, fazer 
companhia a alguém, 
dizer o que ele deseja 
ouvir. Difícil é ser amigo 
para todas as horas e 
dizer sempre a verdade 
quando for preciso. E 
com confiança no que diz."


Drummond de Andrade

Grandeza


"A grandeza vem não quando 
as coisas sempre vão bem 
para você, mas a grandeza 
vem quando você é realmente 
testado, quando você sofre 
alguns golpes, algumas 
decepções, quando a tristeza 
chega. Porque apenas se você 
esteve nos mais profundos 
vales você poderá um dia 
saber o quão magnífico é 
se estar no topo da mais 
alta montanha."


Richard Milhous Nixon

Amor


"Não ame pela beleza, 
pois um dia ela acaba. 
Não ame por admiração, 
pois um dia você se 
decepciona. Ame apenas, 
pois o tempo nunca pode 
acabar com um amor 
sem explicação."


Madre Teresa de Calcutá

Felicidade



"Faça o que for necessário 
para ser feliz. Mas não se 
esqueça que a felicidade 
é um sentimento simples, 
você pode encontrá-la e 
deixá-la ir embora por 
não perceber sua 
simplicidade."


Mario Quintana

Caráter



"Eu não me importo com o 
que os outros pensam sobre 
o que eu faço, mas eu me 
importo muito com o que 
eu penso sobre o que eu 
faço. Isso é caráter."


Theodore Roosevelt

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Pensamento



"Cada pensamento nosso, 
no qual colocamos crédito, 
provoca uma atitude. 
Nossas atitudes são 
frutos de nossas 
crenças."


Zíbia Gasparetto

Filho(a)



"Quando você levantar o 
braço para bater em seu 
filho, ainda com o braço 
no ar, pense se não seria 
mais educativo se você 
descesse esse braço de 
forma a acariciá-lo, em 
vez de machucá-lo."


Kahlil Gibran

Uma única palavra...



"Uma única palavra 
posta fora do lugar 
estraga o pensamento 
mais bonito."

Voltaire

Ódio



"O ódio nunca desaparece, 
enquanto pensamentos de 
mágoas forem alimentados 
na mente. Ele desaparece, 
tão logo esses pensamentos 
de mágoa forem esquecidos."


Sakyamuni

Amor


"Porque eu fazia do amor 
um cálculo matemático 
errado: pensava que, 
somando as compreensões, 
eu amava. Não sabia que, 
somando as incompreensões 
é que se ama verdadeiramente."


Clarice Lispector

Problemas

"Os problemas significativos 
que enfrentamos não podem 
ser resolvidos no mesmo nível 
de pensamento em que 
estávamos quando os 
criamos."


Albert Einstein

Desejo

"Se o desejo escraviza o pensamento, 
a verdade foge de imediato pela 
janela mais próxima. Quando as 
pessoas abandonam sua natureza 
essencial pra seguir seus desejos, 
suas ações nunca são corretas..."


Lao Tsé

Mãe



"Quando você é mãe, 
você nunca está realmente 
sozinha em seus pensamentos. 
Uma mãe sempre tem que 
pensar duas vezes, uma 
por ela e outra por seu 
filho."


Sophia Loren

A Liberdade


"A liberdade de amar não é 
menos sagrada que a 
liberdade de pensar. O que 
hoje se chama adultério, 
há muito tempo se chamou 
heresia."


Victor Hugo

Aprendizado

"O melhor aprendizado é se 
pensar que o valor das coisas 
nao estão no tempo que duram 
mas na intensidade que acontecem."


Fernando Pessoa

Como Te Amo


Como te amo? Não sei de quantos modos vários 
Eu te adoro, mulher de olhos azuis e castos; 
Amo-te com o fervor dos meus sentidos gastos; 
Amo-te com o fervor dos meus preitos diários. 

É puro o meu amor, como os puros sacrários; 
É nobre o meu amor, como os mais nobres fastos; 
É grande como os mares altisonos e vastos; 
É suave como o odor de lírios solitários. 

Amor que rompe enfim os laços crus do Ser; 
Um tão singelo amor, que aumenta na ventura; 
Um amor tão leal que aumenta no sofrer; 

Amor de tal feição que se na vida escura 
É tão grande e nas mais vis ânsias do viver, 
Muito maior será na paz da sepultura! 

Fernando Pessoa

Amar você é coisa de minutos…



"Amar você é coisa de minutos
A morte é menos que teu beijo
Tão bom ser teu que sou
Eu a teus pés derramado
Pouco resta do que fui
De ti depende ser bom ou ruim
Serei o que achares conveniente
Serei para ti mais que um cão
Uma sombra que te aquece
Um deus que não esquece
Um servo que não diz não
Morto teu pai serei teu irmão
Direi os versos que quiseres
Esquecerei todas as mulheres
Serei tanto e tudo e todos
Vais ter nojo de eu ser isso
E estarei a teu serviço
Enquanto durar meu corpo
Enquanto me correr nas veias
O rio vermelho que se inflama
Ao ver teu rosto feito tocha
Serei teu rei teu pão tua coisa tua rocha
Sim, eu estarei aqui."

PAULO LEMINSKI


"Aquele pequenino anel que tu me deste,
— Ai de mim — era vidro e logo se quebrou
Assim também o eterno amor que prometeste,
— Eterno! era bem pouco e cedo se acabou.

Frágil penhor que foi do amor que me tiveste,
Símbolo da afeição que o tempo aniquilou, —
Aquele pequenino anel que tu me deste,
— Ai de mim — era vidro e logo se quebrou

Não me turbou, porém, o despeito que investe
Gritando maldições contra aquilo que amou.
De ti conservo no peito a saudade celeste
Como também guardei o pó que me ficou
Daquele pequenino anel que tu me deste."

Manuel Bandeira